Eu no metaverso, e vc?

Olá ouvintes e leitores, vamos falar um pouco sobre METAVERSO, mas o que é esse tal METAVERSO e qual impacto que ele tem em nossas vidas?

VAMOS ENTENDER DE UMA FORMA SIMPLIFICADA O QUE É O METAVERSO:

METAVERSO é a terminologia utilizada para indicar um tipo de mundo virtual que tenta replicar a realidade através de dispositivos digitais. É um espaço coletivo e virtual compartilhado, constituído pela soma de “realidade virtual”, “realidade aumentada” e “Internet”. Este termo foi cunhado pela primeira vez na obra “Nevasca”, de Neal Stephenson, lançada em 1992.

Exemplos mais recentes são os jogos VRChat, Second Life, Roblox, GTA e Fortnite. O Facebook, atual Meta, anunciou a intenção de adotar o METAVERSO em sua plataforma. Mas saibamos que não foi o facebook que inventou o METAVERSO e sim que tem a intenção de adotar o METAVERSO.

UM POUCO DO MUNDO DO METAVERSO.

Nesse mundo chamado de METAVERSO, que nada mais é que um “espelho” de nossas vidas reais, onde trabalhamos, compramos, casas, carros, terrenos, bens moveis de todos os tipos, também poderá ter sua própria empresa tipo. Nighticlub. Fliperama. estúdio de gravação. oficina de carros. etc.

onde geram lucros. que podem ser depositados em uma conta bancária. ou deixá-los em sua carteira. para uso diário, como compras em supermercados. roupas e sapatos. salão de beleza. lazer e outros.

As plataformas são diferentes uma da outra. e oferece opções diferentes, uma delas são os terrenos.

O QUE SÃO TERRENOS DO METAVERSO?

Em resumo, o conceito se refere a um espaço coletivo que mescla o físico e o virtual. Para acessá-lo, seria preciso usar tecnologias como óculos de Realidade Aumentada e de Realidade Virtual. Para imaginar esse lugar, pense no OASIS, do filme Jogador Nº 1, dirigido por Steven Spielberg, ou na simulação construída pela inteligência artificial de Matrix, longa dirigido por Lilly e Lana Wachowski.

Os terrenos virtuais são as terras existentes em plataformas que já “namoram” com o metaverso, como a Decentraland (MANA) e o The Sandbox (SAND) – logo vamos falar delas. Esses pedaços de solo virtual ficam dispostos em mapas digitais divididos em lotes.

O detalhe é que apesar de estarem situados apenas no ambiente virtual, esses terrenos custam dinheiro (criptomoedas, no caso), têm registro de propriedade e podem (ou não) valorizar com o tempo. Portanto, já existe um mercado imobiliário dentro desses universos online.

Essa economia digital é possível porque cada terreno do METAVERSO é negociado como um token não fungível (NFT, na sigla em inglês). Um NFT é a representação de um item exclusivo, que pode ou não ser digital. Fazendo um paralelo com o segmento de imóveis, um token não fungível é como a escritura de um imóvel, mas com algumas diferenças:

A primeira é que ele é basicamente uma sequência de letras e números, e não um documento físico. A segunda é que não há necessidade de ir a um cartório para comprovar e registrar. Isso porque um NFT fica guardado em um Blockchain, grande banco de dados descentralizado e imutável que nasceu com o Bitcoin (BTC) no final de 2008.

Tabela de preço de um terreno do metaverso.

Marketplace da Decentraland4.200 MANA = US$ 13.524 = R$ 76.183,40
OpenSea3.4 Ether = US$ 13.402. = R$ 76.301,97
No marketplace do The Sandbox e na coleção da plataforma no OpenSea, os preços dos espaços virtuais começavam a partir de 3.01 ETH = US$ 12 mil = R$ 67.608,00.
Tabela meramente ilustrativa de 2021

Assim como em nosso mundo real o que influencia o preço de um terreno no METAVERSO?

ASSIM COMO EM NOSSO MUNDO REAL O QUE INFLUENCIA O PREÇO DE UM TERRENO NO METAVERSO?

Os preços dos terrenos do METAVERSO são influenciados pelos mesmos fatores que afetam o mercado imobiliário e o mercado de NFTs.

Escassez: Se a plataforma é badalada, atrai cada vez mais usuários e tem poucos terrenos, os valores dos lotes tendem a aumentar. Se ocorrer o oposto, no entanto, eles caem. É a mesma lógica por trás da valorização de imóveis em regiões nobres de grandes cidades. No caso das duas principais plataformas do METAVERSO, o número de terrenos disponíveis é fixo, e não deve aumentar.

Tamanho: Assim como no mercado imobiliário do mundo real, o tamanho de uma propriedade virtual também importa – e muito. Quanto maior o local, mais caro ele é. Tanto em Decentraland como em The Sandbox, por exemplo, há os “estates”, que são espaços virtuais compostos por dois lotes ou mais. Os preços deles são maiores.

Localidade: Imóveis em regiões nobres ou próximos de locais com grande fluxo de pessoas, como shoppings, costumam ser mais valorizados. O METAVERSO funciona de maneira semelhante.

No The Sandbox, por exemplo, há alguns moradores famosos, como o rapper Snoop Dog, a Atari SA e a série “The Walking Dead”. Terrenos vizinhos dessas celebridades custam mais caro.

De acordo com a plataforma, isso ocorre porque esses moradores atraem maior tráfego. E com mais usuários passando perto da localidade, mais chances os proprietários têm de ganhar dinheiro. Algumas formas de monetização dos lotes são aluguel do espaço para desenvolvedores, criação de games e até mesmo anúncios.

E O QUE PODEMOS ESPERAR DESSE MUNDO?

Como vimos que o mundo METAVERSO é um espelho do nosso mundo real, onde podemos nos casar, constituir família e criar seu império, como já temos visto em algumas reportagens.

Foto por Rodrigo Souza em Pexels.com

MAS SINTO LHE INFORMAR, QUE NÃO SÃO SÓ ALEGRIAS.

No METAVERSO assim como mundo real, temos obrigações tipo, se não pagarmos os impostos, corre se o risco de perder o bem, se não pagar uma prestação de um serviço está sujeito a não receber o produto; se estiver em um Club ou qualquer outro lugar fechado e ocorre algum tipo de confusão, você poderá ser expulso e outras situações do nosso cotidiano que possa imaginar, mas cabe ressaltar que cada plataforma é diferente da outra.

VAMOS DAR UM PULINHO NO MUNDO REAL.

Voltando para nosso mundo real, sabemos que toda ação causa reação.

Em caso de inadimplência, somos cobrados, muitas vezes corremos os riscos de perdermos nossos bens; em caso de falecimento, existe um processo chamado inventario; em caso de divórcio, sabemos que existe a divisão dos bens; no caso de não pagar os impostos os bens podem ser penhorados. Aqui é um pouco de como será nosso futuro, e a minha pergunta é.

Você está preparado para isso?

VOCÊ ENTRE DOIS MUNDOS.

Como resolver questões tipos: Divórcio, Inventário, inadimplência, brigas, assaltos, preconceitos, stalking, assédios, hackers e outros.

Especificamente quando falamos em Divórcio, Inventário, inadimplência, onde bens são encontrados EM DOIS MUNDOS, fazer uma penhora, fazer busca de bens, no mundo real e no METAVERSO, divisão de bens, e tantas outras coisas que envolvem esses dois mundos, que se fundem tornando um só. Você está preparado para tudo isso? Como fazer isso acontecer?

Ainda não temos todas as respostas, TEM MUITAS coisas a serem estudados, é para isso que o Grupo Metaverso está aqui, para debatermos, apresentar casos e possíveis soluções, criar simulações, e juntos fazermos acontecer.

Os impactos vão ser muitos, estamos no início de uma longa jornada, venha você também dar mais esse passo com a gente.

Se você gostou, curta, comente e compartilhe, e convide seus amigos a participar.

CONECTE-SE COM A GENTE.


Referência: InfoMoney; wikipedia livre;

Referência: InfoMoney; wikipedia livre;

por SILVANA DE OLIVEIRA: Mediadora e Arbitro, Vice-presidente da Just Arbitration, Câmara de Mediação, Conciliação e Arbitragem, coordenadora do NPD (núcleo de Provas Digitais) e do Núcleo de Ensino EaD.

Não reproduza o conteúdo sem autorização do Autor ou da plataforma. Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.